Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, personalizar os anúncios e relembrar as suas preferências. Se continuar a navegar, entenderemos que está a aceitar a utilização de Cookies no nosso Site. Para mais informações (por exemplo, como mudar as suas preferências), visite-nos em Política de Cookies

OK
advertisement
Programa AvançadoAvançado

Setúbal - Peixe-galo assado com molho de ovas e feijão

Classificação 0/5

Para fazermos este prato, convém termos o peixe-galo já limpo e arranjado pela peixaria onde o comprámos. Como vamos assá-lo inteiro, o único cuidado que devemos ter é temperá-lo bem, para que todo ele fique saboroso. Para isso, começamos por fazer uma “cama” de sabor e de ervas aromáticas frescas no fundo da assadeira onde vamos assar o peixe. Espalhamos na assadeira a rama de funcho (apenas a rama), o cebolinho inteiro, metade do ramo de coentros e da salsa e dispomos o peixe por cima. Colocamos o resto dos coentros e da salsa no interior das guelras, temperamos todo o peixe com sal e pimenta e dispomos rodelas de limão em cima da sua pele e também no interior das guelras. Por fim, cortamos o bolbo do funcho às rodelas e espalhamos à volta do peixe, regando tudo com azeite. Com o forno pré-aquecido a 200 graus, levamos a assar durante 20 a 25 minutos.

Entretanto, preparamos o acompanhamento de feijão. Como o feijão já está pré-cozido, vamos apenas dar-lhe algum calor e deixá-lo envolver no sabor do refogado. Para fazermos o refogado, colocamos a cebola e o alho picados, juntamente com a folha de louro, numa panela com o fundo forrado a azeite. Quando a cebola e alho estiverem transparentes, juntamos o bacon cortado em tiras e envolvemos. Deixamos cozinhar durante 3 minutos, acrescentamos os feijões, um bocadinho de água só para cobrir o fundo e meia malagueta cortada em argolas finas. Diminuímos o lume e deixamos que os feijões fiquem a borbulhar lentamente durante 5 minutos.

Isso dá-nos tempo para preparar o último elemento do prato: o molho de ovas. Numa frigideira, em lume alto, aquecemos o azeite com uma colher de manteiga e deixamos derreter. Abrimos as ovas ao meio e colocamo-las na frigideira, com o interior virado para baixo, até que elas fritem ligeiramente. Quando conseguirmos desfazê-las com  um garfo, transformamo-las numa espécie de papa e regamos com sumo de limão. Mexemos, temperamos com sal e pimenta e derretemos a outra colher de manteiga, mexendo sempre, para ligarmos o molho. Finalmente, retiramos do lume e temos o molho pronto a regar o peixe-galo, logo que este saia do forno. O peixe-galo, o molho de ovas e o feijão são a trilogia escolhida para esta receita.

Experimentem!
 

Para miúdos:
não
Para os vegetarianos:
não
Receita de: Sebastião Castilho