Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, personalizar os anúncios e relembrar as suas preferências. Se continuar a navegar, entenderemos que está a aceitar a utilização de Cookies no nosso Site. Para mais informações (por exemplo, como mudar as suas preferências), visite-nos em Política de Cookies

OK
advertisement
Programa AvançadoAvançado

Santarém - Farófias com leite-creme e fios de caramelo

Classificação 0/5
Num tacho pequeno, aquecemos o leite com uma raspa de limão e os paus de canela e deixamos levantar fervura. Enquanto isso, separamos as gemas das claras e, com a ajuda de uma batedeira, batemos as claras em castelo. Para facilitar o processo, acrescentamos uns grãos de sal e umas gotas de limão. Quando já tivermos prestes a atingir a consistência certa, acrescentamos uma colher de sopa do açúcar.

Quando o leite tiver levantado fervura, baixamos o lume de modo a que ele fique apenas a borbulhar. E é nessa fase que acrescentamos pequenos montes de claras em castelo. As farófias demoram sensivelmente 4 minutos a cozer no leite, em lume brando. Convém deixarmos 2 minutos e depois virarmos, para cozerem do outro lado.

Repetimos o processo até esgotarmos as claras em castelo e reservamos as farófias num recipiente, enquanto preparamos o leite-creme. Numa tigela, misturamos as gemas com o resto do açúçar, a farinha maisena e um copo de leite frio. Mexemos bem e acrescentamos este preparado ao leite da cozedura, tendo o cuidado de retirar os paus de canela e a raspa de limão. Em lume brando, mexemos sempre, para que o preparado engrosse e forme o leite-creme. Quando começar a ferver, desligamos o lume e juntamos o leite-creme às farófias.

Os elementos centrais da sobremesa estão prontos, mas vamos dar-lhe um pequeno toque e criar fios de caramelo para decorar a nossa sobremesa. Para isso, colocamos quatro colheres de açúcar e uma de água numa caçarola e deixamos levantar fervura. Quando a mistura formar um caramelo escuro, desligamos o lume e, sem perdermos tempo, usamos um garfo para formar fios de caramelo através de movimentos de vaivém. Este processo tem de ser muito rápido, caso contrário o caramelo solidifica e deixamos de conseguir trabalhá-lo. Com os fios de caramelo, cobrimos as nossas farófias e reservamo-las no frigorífico. Esta é uma sobremesa que se deve comer bem fresca!
Para miúdos:
não
Para os vegetarianos:
não
Receita de: Sebastião Castilho