Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, personalizar os anúncios e relembrar as suas preferências. Se continuar a navegar, entenderemos que está a aceitar a utilização de Cookies no nosso Site. Para mais informações (por exemplo, como mudar as suas preferências), visite-nos em Política de Cookies

OK
advertisement
Programa AvançadoAvançado

Portalegre - Bochechas de porco preto com pataniscas de farinheira

Classificação 0/5

As bochechas são uma das partes do porco mais tenras e suculentas, que tornam qualquer receita deliciosa. Nesta receita, vamos assá-las e acompanhá-las com batatas e pataniscas de farinheira. É um prato bastante completo e confortável, ideal para um almoço em família.

Começamos por dispor as bochechas numa assadeira, onde as temperamos com azeite, sal, pimenta, raspas de limão, orégãos e alho picado. Regamos com o vinho e levamos a assar, em forno pré-aquecido a 180 graus, durante 40 minutos. Isso dá-nos tempo para fazer o acompanhamento.

Numa panela com água a ferver, deixamos as batatas durante 10 minutos. O objectivo não é que elas fiquem totalmente cozinhadas, mas apenas um bocadinho para depois terminarem a cozedura no forno. Cortamos as batatas em quatro partes e dispomo-las numa assadeira, regando com azeite e temperando com sal, pimenta, uma pitada de pimentão-doce e o alho picado. Nos últimos 20 minutos de cozedura das bochechas, levamos ao forno e deixamos até ao fim.

No tempo que nos resta, preparamos as pataniscas de farinheira. Esta receita foi pensada com base no papa-ratos de Portalegre, que não é mais do que a massa de farinheira antes de ser colocada na tripa e fumada, misturada com gordura e alho. Essa massa, com uma consistência de creme, é óptima para fritar e criar uma espécie de pataniscas.

Como a massa de farinheira tem alguma gordura, vamos aligeirar com o alho-francês, aproveitando apenas a parte branca e cortando-a em argolas finas. Aquecemos uma frigideira com um fio de azeite, muito pouco, e fritamos as argolas de alho-francês, polvilhadas com uns zestos de limão, sal e pimenta. Mexemos e retiramos quando as argolas estiverem amolecidas. Juntamos à massa de farinheira e envolvemos.

Usando a mesma frigideira, sem acrescentar gordura, levamos a fritar pequenos montinhos de massa de farinheira com alho-francês. Podemos inclusive recorrer a duas colheres de sopa, para nos ajudar a moldar a massa e a colocá-la na frigideira. Viramos os montinhos com uma espátula e retiramos quando as pequenas pataniscas estiverem douradas de ambos os lados. No final, polvilhamos com salsa picada para lhe dar mais frescura.

Na altura de servir, regamos as bochechas de porco com sumo de limão, reforçamos com um pouco mais de orégãos e acompanhamos com as batatas e com as pataniscas de farinheira. Para lhe dar o toque de verde que falta, servimos também com algumas folhas de espinafres bebés, que vão aligeirar o prato.

Até à próxima receita!
 

Para miúdos:
não
Para os vegetarianos:
não
Receita de: Sebastião Castilho