Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, personalizar os anúncios e relembrar as suas preferências. Se continuar a navegar, entenderemos que está a aceitar a utilização de Cookies no nosso Site. Para mais informações (por exemplo, como mudar as suas preferências), visite-nos em Política de Cookies

OK
advertisement
Programa AvançadoAvançado

Mangualde - Strudel de maçã com figos secos

Classificação 5/5

O strudel é uma sobremesa muito fácil e rápida de fazer, ideal para visitas inesperadas. Em pouco mais de meia-hora ficamos com uma sobremesa deliciosa e que é óptima para se comer quente, acabada de sair do forno.

Começamos por lavar as maçãs e cortá-las em cubos, retirando-lhes o caule e os caroços. O ideal é mantermos a casca, onde se concentram os nutrientes da maçã, mas podemos retirá-la se preferirmos. Polvilhamos os cubos de maçã com raspa de limão e levamos a saltear numa frigideira anti-aderente. Enquanto isso, colocamos as passas de molho em água quente, para hidratarem.

Às maçãs, na frigideira, juntamos as nozes, os figos cortados às tiras, os paus de canela e regamos tudo com o mel. Derretemos a manteiga por cima, esprememos sumo de um limão e polvilhamos com a canela moída. Finalmente, acrescentamos as passas e deixamos saltear, em lume brando, até que a maçã amoleça e o líquido crie uma polpa. Quando isso acontecer, desligamos o lume e deixamos arrefecer, antes de rechearmos a massa.

A massa folhada pode ser comprada em qualquer supermercado e convém guardá-la no frigorífico até utilizarmos. Estendemos a massa sobre a bancada polvilhada com farinha e recheamos com o salteado de maçã e frutos secos. Retiramos os paus de canela, de que já não precisamos, e dispomos o recheio no centro da massa, de maneira a conseguirmos fechar a massa sobre o recheio em forma de charuto.

Com o strudel moldado, pincelamos gema de ovo no topo e colocamos sobre uma folha de papel vegetal, num tabuleiro de ir ao forno. Com o forno pré-aquecido a 180 graus, deixamos 30 minutos, até que a massa fique dourada e estaladiça. No final, podemos servir acompanhado por uma bola de gelado de nata ou de baunilha. A mistura do quente com o frio vai ficar divinal.

Até à próxima receita!
 

Para miúdos:
não
Para os vegetarianos:
sim
Receita de: Sebastião Castilho