Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, personalizar os anúncios e relembrar as suas preferências. Se continuar a navegar, entenderemos que está a aceitar a utilização de Cookies no nosso Site. Para mais informações (por exemplo, como mudar as suas preferências), visite-nos em Política de Cookies

OK
advertisement
Programa AvançadoAvançado

Loulé - Tábua de entradas

Classificação 0/5

O pão é o elemento comum a todas as entradas, por isso começamos por cortá-lo em fatias finas e ligamos o forno a 120ºC. Colocamos as fatias num tabuleiro, regamos com um fio de azeite, salpicamos com umas pedrinhas de sal e deixamos tostar no forno durante 15 ou 30 minutos, conforme gostarmos do pão mais ou menos tostado. Estas tostas irão acompanhar as entradas e, por isso, a quantidade depende das pessoas que tivermos à mesa.

Para a entrada de abacate e tomate, abrimos os abacates ao meio, retiramos o caroço e, com a ajuda de uma colher, removemos o interior, preservando a casca para mais tarde servir de recipiente. Cortamos o interior do abacate aos cubos e fazemos o mesmo com os tomates. Colocamos numa tigela e acrescentamos folhas de manjericão picadas, temperando com sal e pimenta e regando com o sumo de meio limão e um fio de azeite. Mexemos tudo e servimos nas próprias cascas de abacate, bem fresco.

Para fazermos o puré de favas, podemos cozê-las em água com sal ou fritá-las numa frigideira com um pouco de azeite. O importante é que as favas estejam cozinhadas, para ser mais fácil reduzi-las a puré. Depois das favas cozinhadas, temperadas com sal e trituradas, juntamos ao puré algumas folhas de hortelã-pimenta picadas para lhe dar frescura e uma nova tonalidade de verde. No final, colocamos pequenos montes do puré sobre fatias de paiola e comemos com as tostas.

Enquanto as entradas já feitas repousam no frigorífico, tratamos da cenoura salteada. Depois de descascarmos as cenouras, cortamo-las em rodelas finas e levamos a saltear numa frigideira com azeite durante 3 minutos, mexendo sempre. Quando a cenoura já estiver amolecida, esprememos o sumo de uma laranja e baixamos o lume, deixando que a cenoura termine de cozinhar no sumo de laranja por mais 1 minuto. Na altura de servir, polvilhamos com folhas de coentros picadas. E podemos comer esta entrada fria ou quente, conforme gostarmos mais.

Os queijos grelhados são o último apontamento desta tábua de entradas. E vamos fazer cada um dos queijos de forma diferente, com resultados de sabor completamente diferentes. Grelhamos o queijo de cabra numa frigideira riscada, de ambos os lados, polvilhando com folhas de aneto no final. E deixamos assar o queijo de ovelha sobre um monte de alecrim, como se estivéssemos a fumar o queijo, deixando o alecrim libertar o seu sabor.

No final, vamos ter entradas muito variadas, com um forte contraste de cor e de sabor. As tostas servirão de “prato” a todas elas, num início de almoço ou de jantar no mínimo original. Até à próxima receita!
 

Para miúdos:
não
Para os vegetarianos:
sim
Receita de: Sebastião Castilho