Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, personalizar os anúncios e relembrar as suas preferências. Se continuar a navegar, entenderemos que está a aceitar a utilização de Cookies no nosso Site. Para mais informações (por exemplo, como mudar as suas preferências), visite-nos em Política de Cookies

OK
advertisement
Programa AvançadoAvançado

Chef Caseiro - Caril de iogurte com chocos e couve-flor

Classificação 0/5
- Começar por cortar os chocos e a couve-flor aos bocados e colocar numa taça. Temperar com sal e pimenta e reservar. - Noutra taça misturar os dentes de alho picados, o pedaço de gengibre ralado, o caril, o açafrão das índias, os cominhos e a noz-moscada. Retirar cerca de um quarto desta mistura e polvilhar os chocos e a couve-flor, juntamente com um fio de azeite. Envolver bem e deixar marinar cerca de meia hora. À parte, desfazer os grãos de coentros num pilão ou, em alternativa, colocá-los num guardanapo, fechar e desfazê-los com um rolo de cozinha. - Levar ao lume um tacho, uma frigideira grande ou mesmo uma wok e deitar as sementes de coentros desfeitas. Deixar tostar durante um minuto para que comecem a libertar o seu aroma e acrescentar o resto da mistura de especiarias, deixando em lume brando durante cerca de 2/3 minutos para que os aromas se libertem (não deixem estar muito tempo nem em lume muito alto porque senão as especiarias começam a queimar e a alterar o sabor). - Juntar os chocos e a couve-flor, bem como a cebola picada, envolver bem e juntar cerca de meio copo de água e meio copo de vinho branco. Tapar o tacho e deixar cozinhar em lume brando até o choco e a couve estarem tenros, enquanto entretanto se aproveita também para cozer o arroz (o basmati ou o jasmin são os mais indicados para esta receita). Nessa altura, juntar iogurte grego a gosto, até adquirir a consistência desejada (se achar que está muito líquido, juntar cerca de uma colher de sopa rasa de farinha. Se estiver muito sólido, juntar mais um pouco de iogurte com água ou caldo de legumes). - Deixar cozinhar até o molho engrossar um pouco e servir com o arroz e uma colher de iogurte grego (eu gosto de misturar um pouco de iogurte com sal, pimenta, um fio de azeite, um pouco de sumo de limão e um pimento em conserva cortado aos pedacinhos). Para quem gosta, polvilhar o caril e o arroz com folhas de coentros frescos.

Receita de Vânia Furet, enviada para o passatempo 'Chef Caseiro'


Para miúdos:
não
Para os vegetarianos:
não
Receita de: Passatempo 'Chef Caseiro'