Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, personalizar os anúncios e relembrar as suas preferências. Se continuar a navegar, entenderemos que está a aceitar a utilização de Cookies no nosso Site. Para mais informações (por exemplo, como mudar as suas preferências), visite-nos em Política de Cookies

OK
advertisement
Programa AvançadoAvançado

Camarões na brasa à Moçambicana

Classificação 5/5

Primeiro que tudo tenho que alertar que o conteúdo deste post não é próprio para pessoas sensíveis! Principalmente se ainda não tiverem comido.

Hoje trazemos até vocês Camarões na brasa à Moçambicana. Nada como um jantar de domingo que começou às 15h e acabou pelas 22h ou 23h! Mais do que os camarões que vieram de Moçambique, hoje trazemos amigos, boa disposição, boas fotos e bom vinho (e cerveja para abrir o apetite, sempre Super-Bock!). Fazer bem os camarões dá algum trabalho. É preciso limpar bem o camarão, abrir para assar uniforme e temperar. Para isto ajuda ter uma boa equipa. E isso nós tínhamos. A Sílvia, o Nasser, o Fábio, a Inês e eu.

camaroon-050camaroon-056

Depois de algumas cervejas, os camarões preparados e a brasa pronta a queimar, estava na hora de pôr os camarões a grelhar e preparar o molho. Para temperar os camarões antes, basta limão e sal. É mais do que suficiente porque o “bem bom” vem depois. Os camarões devem ser postos na brasa com o lado da casca para baixo inicialmente. Só depois de ganharem côr é que se deve virar, para evitar que sequem.


O molho é à Moçambicana. Não leva azeite, mas sim manteiga. Manteiga, piri-piri sacana (ou seco), sumo de limão, alho e coentros. Simples e fantástico. Depois é só usar para ir regando os camarões na brasa e deixar algum para usar na mesa.

camaroon-063camaroon-073camaroon-074camaroon-075

Para acompanhar os camarões fomos para um Dona Ermelinda Branco (não apontámos o ano) que foi uma grande escolha. Fresco, com um final doce, contrastou muito bem com os camarões.

Bom apetite!



Leia mais em Tudo qué Bonito

Para miúdos:
não
Para os vegetarianos:
não