Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, personalizar os anúncios e relembrar as suas preferências. Se continuar a navegar, entenderemos que está a aceitar a utilização de Cookies no nosso Site. Para mais informações (por exemplo, como mudar as suas preferências), visite-nos em Política de Cookies

OK
advertisement
Programa AvançadoAvançado

Braga - Sela de borrego recheada

Classificação 0/5

Para esta receita, precisamos que a sela do borrego esteja arranjada de forma a conseguirmos recheá-la.

Começamos então por preparar o recheio, que será feito à base de cogumelos e espinafres salteados. Cortamos os cogumelos em quatro e levamo-los a saltear, numa frigideira aquecida com um fio de azeite. Quando eles amolecerem, temperamos com sal e pimenta, deixamos saltear totalmente e depois retiramos. Na mesma frigideira, reforçando com um pouco mais de azeite, salteamos os espinafres – apenas as folhas, que separamos dos talos. E deixamos até que elas amoleçam completamente, sinal de que estão salteadas. Temperamos com sal e pimenta e reservamos.

Entretanto, ralamos a casca de um limão e ¼ de broa – de preferência a parte da côdea, mais crocante – e envolvemos com uma gema de ovo. Misturamos com os cogumelos e os espinafres, na mesma tigela, e juntamos o queijo-creme, para ligar todos os ingredientes. Temos o nosso recheio pronto e levamos ao frigorífico até o utilizarmos.

Entretanto, temperamos a carne com sal, pimenta e algumas folhas de tomilho. E esfregamos com um dente de alho, antes de dispormos o recheio por cima da carne. Enrolamos, unindo as duas pontas do borrego, e fechamos com um cordel próprio para culinária, para que a carne não abra durante a cozedura e mantenha o recheio no seu interior. Numa frigideira untada com um fio de azeite, selamos a carne rapidamente, fazendo com que ela ganhe uma crosta dourada em toda a volta, mas sem cozinhar. Esta é apenas a primeira parte de cozedura do borrego.

Depois da leve fritura, colocamos o borrego num tabuleiro, onde vamos colocar também os tomates, com alguns cortes na sua superfície e temperados com sal, pimenta, tomilho e um pouco de azeite e vinagre. Levamos ao forno, pré-aquecido a 220ºC, durante 40 minutos. No final, retiramos o cordel ao borrego e fatiamos.

A mistura da carne com os espinafres e cogumelos, acompanhada pelos tomates assados, é deliciosa.

Experimentem!
 

Para miúdos:
não
Para os vegetarianos:
não
Receita de: Sebastião Castilho