Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, personalizar os anúncios e relembrar as suas preferências. Se continuar a navegar, entenderemos que está a aceitar a utilização de Cookies no nosso Site. Para mais informações (por exemplo, como mudar as suas preferências), visite-nos em Política de Cookies

OK
advertisement
Programa AvançadoAvançado

Blog - Quanto Mais Quente Melhor - Cestos de leite creme

Classificação 0/5
Há um restaurante para os lados de onde trabalho que faz isto. Pega em leite creme, coloca-o em cestinhos de massa filo e assim cria algo muito menos aborrecido para um dia em que não apetece comer o mesmo de sempre (e olhem que eu sou um animal de hábitos, até mais de tradições, e não tenho nada contra - mesmo nada - a secular tradição do leite creme).

Mas isto é mais fancy e não custa nada. Desperta os sentidos contrastando texturas, como diria qualquer chef pomposo. Quando vi (e provei) achei que era muito boa ideia e claro que tentei reproduzir em casa. Não me saí nada mal.

Façam a receita de leite creme sem cumprirem o passo de queimar o açúcar por cima. Guardem o preparado numa tigela coberta com película aderente até arrefecer. A película evita que se crie aquela cobertura um pouco mais sólida do leite creme.

Preparação: 
Aqueçam o forno a 180º e preparem uma forma de muffins ou várias formas de tartelletes para servir de molde aos cestos de massa filo.

Depois disto, preparem um espaço para trabalhar a massa filo. Ela precisa de mãos rápidas porque seca muito depressa. Tenham ao vosso lado a manteiga derretida e um pincel.

Peguem em duas folhas de massa filo, pincelem cada uma delas com manteiga e coloquem uma por cima da outra. De seguida, cortem este quadrado maior de duas folhas em quatro e coloquem duas das partes por cima das outras duas, pincelando novamente com manteiga uniformemente. Recapitulando: ficarão, portanto, com duas bases para os cestos com quatro camadas de filo cada uma. Tanta matemática...Repitam o processo com as outras duas folhas que traz a embalagem.

Coloquem cada uma das bases que prepararam dentro de uma forma de muffin ou de tartelette. As margens vão estar bem para fora das formas mas não tenham medo de as emaranhar e aconchegar naquele pequeno espaço e de deixar sair por fora parte da massa. No forno, as pontas mais embrulhadas são as que vão ficar mais crocantes.

Levem as formas ao forno durante uns 10/15 minutos ou até os cestos estarem tostadinhos. Retirem do forno, com muito carinho que esta massa é coisa delicada, e deixem arrefecer.

Depois disto, encham os vossos cestos com leite creme até estarem quase a transbordar, espalhem por cima mais ou menos uma colher de sobremesa de açúcar e queimem o açúcar com um maçarico, com cuidado para não chamuscarem a massa filo. Eu queimo no momento de servir, nunca muito antes porque gosto do efeito de vidro partido que o açúcar acabado de tostar tem. Se não se ouvir o "crac" não fiz um bom trabalho. Se por acaso forem pessoas estranhas e não gostarem muito disto, podem só polvilhar o leite creme com canela e saltar o último passo da receita.

Vai sobrar leite creme que devem colocar em taças de vidro e devorar à medida do vosso apetite.

Esta receita foi enviada e gentilmente cedida pelo Blog Recomendado Quanto Mais Quente Melhor
Para miúdos:
sim
Para os vegetarianos:
sim