Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, personalizar os anúncios e relembrar as suas preferências. Se continuar a navegar, entenderemos que está a aceitar a utilização de Cookies no nosso Site. Para mais informações (por exemplo, como mudar as suas preferências), visite-nos em Política de Cookies

OK
advertisement
Programa AvançadoAvançado

Blog - Chamava-lhe um Figo: Pizza Margherita

Classificação 0/5

  • Numa taça grande deita a farinha, o fermento, o sal, o azeite e a água e mexe suavemente com as pontas dos dedos, até a massa ganhar alguma consistência. 
  • Depois deita a massa na bancada, previamente salpicada de azeite, e amassa 5 a 10min até ficar bem lisa e elástica. 
  • Forma uma bola e coloca novamente na taça, tapada com película aderente, 1 a 2h até duplicar o tamanho.
  • Polvilha a bancada com farinha, coloca nela a massa e divide-a em 3 partes iguais: amassa um pouco cada uma delas e aguarda mais 1h. 
  • Entretanto prepara o molho de tomate para o recheio: coloca na picadora o tomate, a polpa, o alho e 3/4 folhas de manjericão e pica até ficar líquido.
  • Decorrido esse tempo pressiona cada umas das bolas com as pontas dos dedos até obteres uma forma redonda e depois estende-as com o rolo da massa até ficar bem fina - o segredo é ir virando a massa de lado várias vezes para que nunca se cole à bancada e fique mais macia. Se fores mais habilidoso(a) podes arriscar atirar a massa ao ar e apanhar com os nós das mãos na parte central, parece que é o segredo para uma base mais fina no centro e mais grossa nas pontas.
  • Distribui então o molho de tomate até, mais ou menos, 1cm da borda, o queijo e as folhas do manjericão.
  • Finalmente é só levares ao forno previamente aquecido a 220º durante, aproximadamente, 20min.

 

Com uma base fina, estaladiça e deliciosa... True :)

 

*Segui a receita de base de pizza do Paul Hollywood, do programa Bread do 24kitchen. A massa dá para 3 bases de pizza mas apenas utilizei 2, a outra congelei para utilizar mais tarde.

Esta receita foi enviada e gentilmente cedida pelo Blog Recomendado Chamava-lhe um Figo

Para miúdos:
sim
Para os vegetarianos:
não