Utilizamos cookies para melhorar o nosso serviço, personalizamos os seus anúncios e relembramos as suas preferências. Se continuar a navegar, aceitará a utilização de cookies no nosso site. Para mais informações visite-nos em

OK
advertisement
Programa AvançadoAvançado

Bacalhau à Zé do Pipo

Classificação 4/5
A preparação de um bom bacalhau à Zé do Pipo tem início na cozedura da batata e do bacalhau.

  • Coloque 800 gramas de batatas descascadas e cortadas em pedaços pequenos numa panela com água, tempere com sal e deixe cozer durante cerca de 10 a 15 minutos.
  • Enquanto isso, coza 2 postas de bacalhau num tacho com 300 mililitros de leite, durante 5 a 7 minutos.
  • Quando a batata estiver cozida, é hora de a esmagar até obter um puré. Vá adicionando aos poucos parte do leite que usou para cozer o bacalhau, tempere com noz-moscada, junte 2 colheres de sopa de manteiga, e bata até ficar sedoso.
  • Transfira depois o puré para um saco de pasteleiro, e reserve.
  • De seguida, corte 2 cebolas em fatias, e leve-as a uma frigideira com azeite. Acrescente também 3 dentes de alho cortados, sal, 1 folha de louro, pimenta, e o leite que sobrou da cozedura do bacalhau.
  • Enquanto a cebola coze, faça uma maionese de alho. Parta um ovo inteiro e uma gema para dentro de um copo, junte 2 dentes de alho ralados, sal e 1 colher de sopa de limão.
  • Adicione gradualmente 200 mililitros de óleo e 200 mililitros de azeite, enquanto tritura tudo com a varinha mágica.
  • Com a maionese pronta, ligue o forno a 200ºC e coloque tudo num tabuleiro: o bacalhau ao centro, a cebola e os alhos por cima, e o puré à volta. Use depois outro saco de pasteleiro para cobrir tudo com a maionese, e disponha azeitonas pretas descaroçadas, antes de levar ao forno a gratinar, durante 15 minutos.

No final, delicie-se com este prato que viaja pelo país inteiro, mas mantém a sua pronúncia do Norte.


Para miúdos: sim
Para os vegetarianos: não
Do programa:
Receita de: Filipa Gomes